AVES

 

Existem cerca de 13 000 espécies descritas de aves. As Aves têm o corpo coberto de penas, estando os membros anteriores transformados em asas. A pele apenas contém uma glândula única, a glândula do uropígio. A sua secreção permite que as penas repilam a água, e considera-se também de grande importância para a formação da vitamina D, a partir da acção dos raios solares sobre o ergosterol por ela segregado. A formação de substância córnea dá-se nas penas, no bico e nos tarsos, dedos e unhas. Uma vez por ano as aves mudam de penas.
Os machos das aves têm em geral as penas muito mais coloridas do que as das fêmeas. Nos galináceos, aves que praticam a monogamia, os dois sexos têm em regra a mesma cor, mas se o macho é polígamo é sempre mais bonito do que a fêmea.

     As cores brilhantes das aves tropicais desempenham na realidade o papel de coloração protectora: na vegetação tropical colorida pelo sol intenso confundem-se por completo com o ambiente.
As características do bico e dos pés das aves correspondem a diferentes modos de vida. Assim, quanto aos pés, distinguem-se adaptações a: marchar, empoleirar, trepar, patinhar, nadar, predar, etc.; quanto aos bicos, semelhantemente, podem ser classificados como: omnívoros, granívoros, insectívoros, carnívoros, etc. Não há verdadeiro diafragma, mas somente uma membrana (diafragma ornítico) que separa da cavidade abdominal a que contém os pulmões, ou pleura. O coração tem quatro cavidades. O arco aórtico, em contraste com o dos mamíferos, é o voltado para o lado direito. A temperatura do corpo situa-se entre 40ºC a 43ºC. Os pulmões são, como já se referiu, providos de sacos aéreos que se distribuem pelo corpo.
Os sons emitidos pelas aves são produzidos por uma espécie de laringe especial, situada mais a baixo, a siringe. As aves não têm dentes e, portanto, não podem mastigar os alimentos. Estes armazenam-se numa dilatação do esófago, o papo, e só ulteriormente, com o auxilio de pequenas pedras que foram engolidas, são triturados na moela, a qual é a parte muscular do estômago; a outra parte deste órgão é essencialmente glandular. Existem dois cegos intestinais. Os rins são alongados e situam-se em cavidade especial do esqueleto pélvico. A urina é semi-sólida e constitui a parte branca do excremento. O recto e os uréteros abrem-se na cloaca. Apenas um ovário, o esquerdo, se desenvolve, atrofiando-se o direito.

 

Fotos